03/01/2018 (OP) Estado negocia exportar produtos do CE via hub - CDL Fortaleza

Clipping

03/01/2018 (OP) Estado negocia exportar produtos do CE via hub

Cargas seriam transportadas pelos aviões da companhia franco-holandesa. Entre os itens mais cotados para exportação estão flores, frutas e pescados. Reunião com o setor produtivo ocorre neste mês

A implantação do hub da Air France-KLM/Gol abre as portas para o Ceará no que diz respeito à exportação de produtos via modal aéreo. O Governo vai se articular neste mês para que o setor produtivo defina os produtos que vão preencher os compartimentos de carga do grupo franco-holandês nas viagens internacionais.

“Temos cinco voos que partem com o porão das aeronaves praticamente vazios. Estamos negociando com Renata Branco, diretora de Cargo da Air France-KLM”, informa o titular da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado (SDE), César Ribeiro. “Há um interesse da empresa com relação a nossa demanda. Neste mês, discutiremos com o setor produtivo do Ceará. Pensaremos em como realizar isso de maneira incorporada, levando nossos produtos para fora”, diz

Os setores de flores, frutas e pescados seriam os maiores beneficiados com a possível parceria. “Vamos criar essa comunicação e interlocução entre os produtores e a Air France-KLM, para que se possa escoar o que é produzido no Ceará. A Holanda, por exemplo, é o maior consumidor de flores do mundo. Temos uma produção na serra (Ibiapaba). É preciso avaliar, no caso do produtor, questões de preço e logística”, observa.

Outro segmento que pode ser beneficiado, em um segundo momento, é o de fármacos, especialmente para as indústrias que se instalarem na poligonal do Polo Industrial e Tecnológico de Saúde (Pits), no Eusébio, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).

“Podemos identificar o perfil das 28 empresas do Pits para sabermos se atuam no Exterior”, destaca César.

O acordo de parceira com o Porto de Roterdã, da Holanda, também é visto como alternativa. “O principal ponto de movimentação do setor químico da Alemanha é através de Roterdã. Baseado na realidade do farmoquímico, tanto aéreo quanto do porto, conseguimos criar um canal de logística e também um canal de negócios entre países da Europa por meio desses modais”, diz.

Centro de distribuição

O Ceará também busca atrair empresas e grupos de distribuição e logística. As negociações ocorrem em sigilo. Uma empresa internacional da área de lubrificantes é cotada para instalar uma unidade no Estado. Contudo, a fase ainda é de interesse. A base operacional no Ceará distribuiria para outras capitais do País.

César Ribeiro diz que há prospecção de empresas que atuam na venda de produtos pela Internet. “São empresas de compras online. Queremos atraí-las para o Ceará. Temos estrutura para recebê-las e podemos ser referência em centros de distribuição para o País e até mesmo para a América do Sul”, avalia.

Sobre o hub da Air France-KLM/Gol, César aponta a existência de uma força-tarefa entre a SDE, Secretarias da Fazenda (Sefaz), do Planejamento (Seplag), Procuradoria Geral do Estado (PGE) e Controladoria Geral do Estado (CGE) para viabilizar as condições para a operação.

Endereço: R. Vinte e Cinco de Março, 882 - Centro, Fortaleza - CE, 60060-120 | Telefone: (85) 3464.5506