03/01/2018 (OP) Fraport assume Pinto Martins e aval para obras sai até dia 20 - CDL Fortaleza

Clipping

03/01/2018 (OP) Fraport assume Pinto Martins e aval para obras sai até dia 20

Nova identidade visual foi a primeira mudança de ontem no terminal de Fortaleza. Painéis de embarque e desembarque, guichês de informações e uniforme dos funcionários já estavam nas cores branco e azul

O branco e azul da identidade visual da Fraport Brasil já estão presentes desde ontem no painel de embarque e desembarque, no guichê de informações e no uniforme dos funcionários do Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza. A mudança marca o início da operação da empresa alemã, que deve passar os próximos três meses ainda sob a supervisão da Infraero. As obras de infraestrutura e expansão ainda dependem de aval da Agência Nacional de Aviação (Anac), cujo anteprojeto deve ser analisado até o dia 20 deste mês, mas, até o fim deste trimestre, a empresa promete disponibilizar melhorias no ar-condicionado, iluminação, sinalização e WiFi de alta velocidade.

Pelos próximos 30 anos, período de concessão do aeroporto, devem ser investidos, no mínimo, R$ 600 milhões no equipamento. Dentre as intervenções previstas no contrato de concessão, está a expansão dos terminais, extensão das pistas existentes, remodelação das áreas de táxis e de tráfego, e reformulação do sistema rodoviário do terminal.

À zero hora de ontem, dia 2, foi realizada a entrega simbólica das chaves pela Infraero antes do embarque do primeiro voo em Fortaleza. A CEO da Fraport Brasil, Andrea Pal, que participou de cerimônia similar em Porto Alegre, o outro aeroporto arrematado pela alemã, declarou acreditar no potencial de ambos os equipamentos e que há uma estimativa de 5% de crescimento anual na movimentação de passageiros em cada localidade. “Concentraremos nossos esforços em aumentar a atratividade deles por meio de melhorias contínuas em sua infraestrutura e processos operacionais”, afirmou.

As mudanças iniciais no Aeroporto ainda estão sendo avaliadas e devem ser implementadas de acordo com as necessidades de reforma do terminal. Este processo deve levar mais de um ano para ser concluído.

 

 

5% por ano é o crescimento esperado na movimentação de passageiros

 

Mas uma das novidades do projeto é que o embarque e desembarque de passageiros será feito em andares diferentes, adianta o secretário de desenvolvimento econômico do Estado, César Ribeiro. “Será um grande avanço, principalmente nos períodos de maior fluxo de passageiros. Cria uma maior organização”.

Ele diz que outra alteração esperada é em relação ao estacionamento. “Todos os contratos em vigor serão mantidos, mas, sabendo como a Fraport trabalha, não tenho dúvidas de que este é um aspecto que será melhorado”, complementa.

Ainda não há uma definição sobre o que será feito com o canteiro de obras anexo ao hall de embarque, iniciadas em 2010 e que até hoje não foram concluídas. Em comunicado, a Fraport informa que a “decisão será tomada a partir da condição atual e da viabilidade de incorporar obras inacabadas no novo projeto”.

Entre os lojistas do terminal, a expectativa é que a nova gestão vá resultar em um maior fluxo de passageiros e em mais organização na gestão. O dono da locadora de veículos Shop Rent a Car, Rodrigo Araripe, estima que o movimento na loja vai crescer em torno de 30% este ano. “Isso se eles melhorarem esta questão do combate à pirataria, que é o que a gente espera de uma empresa do porte da Fraport”.

 

IRNA CAVALCANTE



Os cidadãos


Júlio Bernardes, 55, médico paraense

Ele vem a Fortaleza pelo menos duas vezes por ano. Diz que considera a infraestrutura do aeroporto de regular para razoável, mas acredita que pode melhorar a partir da Fraport. “Acho que o aeroporto tem que ser ampliado porque é pequeno para o volume de turistas que Fortaleza recebe. Também poderia melhorar a estrutura aeroportuária, inclusive, a praça de alimentação, mas de imediato o que precisa resolver é esta questão das muriçocas”.

Fabiana Mendes de Souza, 30, dona de casa

Natural do Maranhão, ela desembarcou pela primeira vez na Cidade.

Considerou a infraestrutura do aeroporto boa, mas acredita que pode melhorar. “É confortável, eficiente, atendeu às minhas expectativas. Os preços não estão nem baratos, nem caros, mas, na média. Mas acredito que pode ficar melhor”.

Endereço: R. Vinte e Cinco de Março, 882 - Centro, Fortaleza - CE, 60060-120 | Telefone: (85) 3464.5506