07/12/2017 (DN) Multinacional do setor de energia de olho no Ceará - CDL Fortaleza

Clipping

07/12/2017 (DN) Multinacional do setor de energia de olho no Ceará

Operação depende de arrendamento ou de doação de uma área pela Cipp SA, diz documento da Mercuria Energy

Gigante do mercado de derivados de petróleo, atuando nos setores óleo, gás e mineração, a empresa suíça Mercuria Energy Trading negocia a instalação de uma planta industrial para a formulação de combustíveis no Ceará. O negócio foi desenhado a partir da parceria entre a subsidiária da empresa no Brasil, a Flamma Óleos e Derivados, e a DGPower Derivados de Petróleo. Ambas, inclusive, assinaram memorando de entendimento em caráter confidencial em junho deste ano visando a unidade industrial no Ceará.

O investimento, segundo estabelece um documento que a reportagem teve acesso, está garantido, "desde que o Estado, através da Cipp SA e/ou outro órgão responsável, efetive um termo de compromisso com a DGPower, concedendo ou arrendando, uma retroárea conforme solicitação efetuada junto à Cipp". Datado em 5 de dezembro deste ano, no Rio de Janeiro, sede da Flamma Óleos e Derivados, o documento ainda destaca a presença da Mercuria em 50 países e o faturamento anual em torno de US$ 100 bilhões. O valor para a unidade cearense, no entanto, não foi revelado.

Contatada pela reportagem, a Secretaria do Desenvolvimento Econômico (SDE) do governo cearense informou que "a Cipp não comentar negociações em andamento".

Passo seguinte à refinaria

Já o secretário de Assuntos Internacionais do Ceará, Antonio Balhmann, afirmou que não acompanha o processo de chegada da Mercuria, mas, pelas características apresentadas pelo negócio, o investimento diz respeito a uma unidade que deve somar-se à refinaria de petróleo visada pelo Ceará, complementando-a.

"É o passo seguinte à unidade de refino e parece ser um investimento captado 'no automático', pela infraestrutura que está se formando no Ceará", considerou o secretário sobre a operação ainda em curso.

Balhmann explica que uma unidade reformulação de combustíveis utiliza o óleo refinado, acrescentando aditivos e transformando-os em combustíveis - gasolina e diesel - que serão usados por automóveis.

Investimento e Logística

Sobre o investimento necessário, ele afirma que "é um valor relativamente modesto", mas não cita cifras. A importância da unidade planejada pela Mercuria Energy, no entanto, será reconhecida, segundo Balhmann, por aliar uma cadeia logística de distribuição.

"Serão muitos caminhões, trens e navios chegando ao Ceará para fazer a distribuição desses combustíveis", afirma o secretário, apontando um futuro de logística mais fortalecida em diferentes modais de transportes no Estado do Ceará.

Endereço: R. Vinte e Cinco de Março, 882 - Centro, Fortaleza - CE, 60060-120 | Telefone: (85) 3464.5506