CLIPPING

(DN) Coluna Edilmar Norões

18 de Dezembro de 2012

Articulações partidárias

O vai e vem de articulações com vistas à eleição da nova Mesa Diretora da Câmara Municipal de Fortaleza não deve surpreender pelo menos aos que acompanharam as dificuldades que marcaram as eleições passadas. Diferente, portanto, do que ocorre na Assembleia Estadual onde geralmente as decisões chegam até ser mesmo consensuais na medida que a interferência do Executivo termina por ser decisiva. De tal forma que a composição da Mesa, a exemplo do que acaba de ser eleita e que tem na presidência o deputado José Albuquerque, foi marcada pelo entendimento.

Poder de decisão

Não há porque negar a influência que o Executivo exerce sobre o Legislativo em decisões como a da escolha de seus presidentes e demais dirigentes. Uma prática que alcança não esta ou aquela Casa, pois é o que se pode observar tanto no Congresso Nacional como nas Assembleias Estaduais e Câmaras Municipais. Ações que são facilitadas na medida que o presidente da República, os governadores e os prefeitos municipais, ao assumirem, se preocupam em construir maioria em cada uma dessas Casas Legislativas. Assim é que, a partir do momento em que detém o controle das bancadas, ao Executivo fica mais fácil exercer uma decisiva influência para eleger as Mesas Legislativas. Que o diga Sarney e, porque não dizer, quem o substituir. Renan?

PT comemora por trunfos eleitorais

Em mais uma manifestação da população, ouvida em pesquisas do Ibope e Datafolha, o PT tem mesmo o que comemorar. Além de o governo presidido por Dilma Rousseff alcançar índices de aprovação os mais confortáveis, em 2014 as chances de vitória petista são de tal ordem que já venceria no primeiro turno. Mais que isso, a oposição, com Aécio e Serra, até aqui os mais prováveis, não teria qualquer condição de competitividade. E o que mais chama atenção é que tudo isso ocorre quando o PT responde a denúncias como as que tratam do mensalão e Operação Porto Seguro, envolvendo líderes dos mais influentes do partido, a partir de Lula.

B. de Paiva

B. de Paiva, ator, diretor, dramaturgo, com marcante atuação no cinema, televisão e teatro, chega de Brasília, onde reside, para comemorar, às 19 horas de hoje, no Ideal Club, 60 anos de teatro e 80 anos de idade. Os amigos e admiradores irão abraçá-lo, participando do Canto de Cultura B. de Paiva, evento coordenado pelo Movimento Unidade de Arte e Pesquisa.

Artes plásticas

A Academia Cearense de Artes Plásticas será instalada nesta quinta-feira, presidida pelo museólogo João Alfredo Sá Pessoa tendo na vice o artista plástico Edu Oliveira, membro do Comitê Nacional Brasileiro da International Association of Art da Unesco e professor da Unifor. O presidente da Academia Nacional de Artes Plásticas, Edilson Élio Barbosa, prestigiará.

´´Ou o PSDB engrossa a voz oposicionista ou não sobe a rampa do Planalto".

Senador Álvaro Dias, líder do PSDB, ao reclamar de seu partido sobre uma posição mais crítica e contundente quanto ao governo Dilma e ao PT.

 

Fonte: Jornal DIÁRIO DO NORDESTE